segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Autoestima

Não consulte seus medos, mas suas esperanças e sonhos.
 Não pense sobre suas frustrações, mas sobre seu potencial não desenvolvido.
 Não se preocupe com os fracassos, acredite naquilo que você ainda realizará.