sexta-feira, 17 de julho de 2015

Ju Fuzetto

E, de repente, a gente percebe que não é o
mês que deve ser doce, mas sim nossas atitudes.
Um punhado de riso, uma palavra que acalma,
uma mão estendida e qualquer gesto que traga paz.
Só isso nos faz ser melhor conosco e com os outros.
Não coloque expectativas no colo de novembro.
É muita responsabilidade nas costas de um
cara que fica por tão pouco tempo.

Ju Fuzetto

Toda vez que você odeia alguém com todas as tuas forças,
automaticamente projeta luz negra dentro do teu coração e
as energias negativas emitidas para o outro recaem sobre
você. Doe o teu melhor, seja autêntico. Não precisa mandar
beijinhos para aqueles que não te agradam, mas, por favor,
não mande negatividades, ignore o mal, estabeleça vínculos
com pessoas ricas de coração, converse com uma criança,
brinque de pique esconde, não se limite.
O mundo é redondo sim, mas, infelizmente, é habitado por
muita gente quadrada.

Ju Fuzetto

Ju Fuzetto

Tenho a leve impressão que não ando na rua.
Definitivamente eu flutuo sobre nuvens de algodão-doce,
sou meramente o paradigma que se faz sol, brisa e
ventania. E se quer saber eu não me limito.
Não existe nada que possa me parar.
Eu apenas floresço em dias de chuva
e noutros também

Ju Fuzetto